O projeto Escolhe a Vida surgiu no período pré-JMJ 2013, onde um grupo de pessoas participantes de movimentos de defesa da vida tiveram a idéia de aproveitar o maior evento da Igreja Católica no Mundo, a JMJ, para semear nos corações a compreensão e reconhecimento da vida intra-uterina.

A idéia se desenvolveu e amadureceu, chegando na criação de uma réplica de bebê de 12 semanas de gestação para distribuição aos jovens participantes da Jornada Mundial da Juventude no Brasil. Para compor a idéia foi projetado um folder explicativo contendo embasamento técnico-científico originado de grandes autores da biologia, medicina e embriologia, no intuito de fortalecer e solidificar os argumentos. Por outro lado, elaborou-se um breve histórico de menções dos Papas e Santos da Igreja, aliados à palavra bíblica, para exortação espiritual dos fiéis católicos.

Para a Jornada Mundial da Juventude foram produzidas mais de 191 mil "kits", que foram distribuídos por voluntário em atividades durante a JMJ, levando a boa nova à milhares de peregrinos de mais de 40 países (identificados).

Após a JMJ observou-se a necessidade de manter a produção das réplicas, que se mostraram possuir grande função evangelizadora e esclarecedora para os jovens.

A partir deste momento o projeto toma um novo rumo, no intuito de facilitar a compra dos "kits" por qualquer grupo, paróquia ou movimento que tenha interesse em utilizar este material.